Com milhões de acessos, site cearense tem agenda de lives na quarentena

Cearenses criaram site que mostra agenda com lives de todos os gêneros

Sua Música

Sexta, 29/05/20 às 16:30
Atualizado em Sexta, 29/05/20 às 16:48

COMPARTILHE:

Lives de artistas em redes sociais sempre aconteceram, mas durante o período de quarentena elas tomaram uma proporção nunca antes vista. Os maiores artistas do país organizaram transmissões e viram nelas um meio de ter alguma renda durante o período sem shows e ainda entreter milhares e milhões de fãs espalhados pelo Brasil. Pensando nisso e em uma forma de organizar esse calendário de apresentações, surgiu o Lives, site onde qualquer pessoa pode ver as datas das próximas transmissões, até mesmo separadas por categorias como Forró, Sertanejo e outros ritmos.

- Mais notícias

"A ideia do Lives veio no começo de abril, quando estávamos recebendo diversas listas das lives que iriam rolar. As listas vinham cheias de informações erradas e falsas, a partir daí tivemos a ideia de criar uma plataforma que pudesse facilitar, centralizar e garantir a veracidade do conteúdo que ali estava. Juntamente com a ideia de fazer a programação online, veio a possibilidade de facilitar também a visualização delas.", explicou Breno Pinheiro, idealizador da plataforma.

(lives.mus.br)

Além de mostrar uma agenda das lives, a plataforma também indica onde ela será exibida, inclusive com links de redirecionamento, além de botões para compartilhar em redes como o Twitter, Whatsapp e Facebook.

Ao todo, quatro pessoas cuidam do site e o colocam no ar, com outras quatro pessoas fazendo trabalhos pontuais.

Um dos pontos fortes, mas ao mesmo tempo mais complicados do projeto, é fazer com que o conteúdo esteja em seu calendário de forma correta e que seja constantemente atualizado. Breno explica que muito do conteúdo teve ajuda direta dos fãs de artistas e atualmente existem pessoas especializadas por gênero.

Essa parte é o maior desafio. Inicialmente foi um trabalho bem árduo de catalogar e criar uma agenda de forma braçal e isso fez toda a diferença. Depois os processos foram melhorando, a comunidade começou a colaborar muito e atualmente temos curadores por gênero, isso mudou completamente a qualidade do conteúdo, pois demos espaço para quem realmente tem autoridade e profundidade no assunto. Existe também uma linhagem de pesquisa interna dentro do Lives de automação através de robôs, dessa forma teremos alguns robôs ajudando a fazer o mapeamento do que está rolando no universo das lives.", comentou.

(lives.mus.br)

A aposta em um site que organizasse as transmissões foi bem acertada, já que em menos de 15 dias eles alcançaram um milhão de acessos e atualmente já ultrapassaram os três milhões. De acordo com Breno, estes números são resultado do compromisso com a veracidade e a qualidade e usabilidade da plataforma.

Apesar de nunca ter trabalhado na área musical, Breno Pinheiro está há 11 anos no mercado de desenvolvimento de produtos digitais. Atualmente ele tem uma empresa neste segmento.

Para acessar o site é só clicar aqui.

Tags: Variados