Pierre Simões

O usuário ainda não possui eventos cadastrados.

Veja os eventos cadastrados no Sua Música.

Ver Eventos

Fiapo de manga - Pierre Simões

Fiapo de manga - Pierre Simões

A rosa - Pierre Simões

Entrevista com o Rei do Rock

Ahmandarah - A grande jornada

Entrevista com o Rei do Rock

Para viver um grande amor - Pierre Simões

O usuário ainda não possui Playlists criadas no Sua Música.

Veja e ouça as playlists em destaque no Sua Música.

Ver Playlists

Nada Cadastrado!

86.617

Downloads

345.345

Plays

0

Playlists

0

Plays

116

Uploads

Pierre Simões é pianista e compositor. Nascido em Divinópolis, MG, iniciou seus estudos musicais na Banda do...
Ler Mais

Colégio Militar de Belo Horizonte, de 1972 a 1978, tocando requinta e tuba. Durante esse período participou de vários festivais de música do colégio, tendo obtido um terceiro lugar em 1977. Em 1979 ingressou na Universidade de Brasília para estudar licenciatura em música, obtendo seu título em 1984. Participou do grupo folclórico da UnB em viagem à Líbia para o Festival Internacional de Folclore, promovido pelo governo daquele país. Participou de vários festivais e encontros de música promovidos por agitadores culturais, como Panelão da Arte, Concerto Cabeças e muitos outros. Participou da efervescente cena musical brasiliense dos anos 80 tocando com artistas, hoje consagrados na cidade e no cenário brasileiro como Cássia Eller, Rubi e Milton Guedes. Em 1987 foi trabalhar com Oswaldo Montenegro nos musicais Aldeia dos Ventos e Dança do Signos, excursionando pelo país também com o show Apenas Música. Em 1988 ingressou como professor de disciplinas teóricas musicais na Faculdade Dulcina de Moraes, em Brasília. Em 1989 foi convidado por Gonzaguinha para uma excursão nos estados do sul, de grande sucesso. Participou de várias bandas de baile durante muitos anos, destacando-se a Banda Sexto Sentido de Campinas, onde fez o seu aprendizado em música digital e sequenciamento MIDI. Excursionou pela Espanha e Portugal com o Coral Sarazate, em ocasião da EXPO 98. Lançou 60 CDs independentes, entre releituras e autorais, sendo “SEXO“ o mais recente. Em meados de 2005 começou a trabalhar profissionalmente com teatro de fantoches, vindo a lançar um livro com peças escritas para esse público. Participou como ator de inúmeros espetáculos, destacando-se Negro ANJO AZUL, de Ricardo Torres e O tribunal dos Divórcios, de Miguel de Cervantes Saavedra, com direção de Tulio Guimarães. Apresentou-se com o Grupo de teatro de fantoches THALITA CURUMIM em diversas salas do DF, em especial o teatro Yara Amaral, em Taguatinga. Trabalhou no curta “TOMA QUE O BANDIDO É TEU” da Cia de teatro NO ATO e escreveu e atuou no curta A INSOFISMÁVEL NATUREZA HUMANA, com direção própria. Recentemente atuou em curtas como AMARGO DA LÍNGUA, de Laura Rocha, em fase de pós produção e no curta PROCESSO SELETIVO, da PUPILA AUDIOVISUAL, com direção de Isabela Morum. Atualmente tem se dedicado a trabalhar como pianista e nas suas produções audiovisuais da cidade de Brasília.